NOITE INFELIZ!

Caros amigos vascaínos,

Tivemos em São Januário uma noite chuvosa, com pouco público e onde o time mesmo sendo extremamente infeliz dentro de campo, conseguiu na bacia das almas o empate, que praticamente ninguém mais esperava.

Menos mal, pois a invencibilidade foi mantida, e o empate foi um milagre, pelas circunstâncias da partida,  desenhado pelas linhas mais tortas possíveis.

Na minha opinião duas coisas foram fundamentais para a nossa má atuação.

Em primeiro lugar, penso que o Jorginho pecou em mudar toda a direita de nossa defesa. Bruno Ferreira foi muito mal, Pikachu revelou mais uma vez sua inaptidão para um jogo tático no meio de campo e a volta do Luan foi muito ruim, com ele fazendo uma de suas piores atuações no Vasco!

Em segundo lugar, a vitória do sábado deu ao time uma ilusão de superioridade, e foi bom que este jogo ocorresse para demonstrar que nosso time não é a última cereja do bolo!

A grande vítima desta má atuação acabou sendo o Thalles, pois a bola não chegava e ele insistia em recuar , o que acabou matando seu jogo de vez!

Um fator que muito influiu no baixo rendimento do meio de campo foi a ausência , do tão criticado pelas minhas colunas, Julio Santos. O Vasco se acostumou a jogar com ele xerifando no meio de campo, parando o adversário com faltas. O nosso Pikachu além de estar extremamente nervoso, não marcava, não parava as jogadas e sobrecarregava o frágil Bruno Ferreira.

Com a defesa exposta e com a agravante de uma atuação calamitosa do Luan, o time perdeu a confiança  e passou a errar passes e levar pressão do adversário!

O Vasco teve uma única chance real de gol, desperdiçada infantilmente pelo Pikachu, completamente livre dentro da área e sua reação mostrou como ele está fora de si, na ânsia de fazer seu gol!

O gol do CRB saiu de mais uma falha do Luan, entre tantas no  jogo de hoje, fazendo uma falta infantil, quando o Rodrigo já tinha dominado a jogada! Diego cobrou com perfeição na coruja, sem chances para o Martim Silva. Ao contrário do que falaram os narradores, ele não fez golpe de vista, apenas viu que não ia dar e por isto não pulou!

Logo depois do gol o Luan entregou de graça uma bola dentro da área e pouco depois o atacante do CRB deu um drible ridículo no Bruno e o Martim Silva tomou a bola dos pés do avate alagoano!

Veio o segundo tempo e entramos do Éder Luis no lugar do Bruno, passando um assustado Pikachu para a lateral!

O Vasco continuou completamente desorganizado e atacando na marra.

Éder errava tudo, Pikachu se omitia e o CRB se arrumava nos contra ataques pela direita de nossa defesa.

Jorginho  tentou ainda a entrada do Evander no lugar do Marcelo Matos, que já tinha um cartão, porém mais uma vez o Evander desfilou seu pouco apetite para jogar bola, se dando ao luxo de perder um gol atrasando a bola para o goleiro adversário.

Final de jogo, a torcida impaciente, tudo dando errado e o Jorginho tenta uma substituição, na base do Prof Pardal! Ele tira o Thalles e coloca o Rafael Vaz de centro avante, isto tudo frente a uma estupefata plateia!

No final da partida, aos 46 minutos, Éder depois de ene cruzamentos errados, acerta um  na área, a bola se oferece pro Rafael Vaz e este com a categoria de um goleador desvia do goleiro decretando o empate! Invencibilidade mantida, time classificado na Copa do Brasil e nossa diretoria vai ter de melhorar a proposta para o Vaz renovar!

Análise da atuações:

Martim Silva: Tomou um gol na gaveta e fez uma defesa impossível nos pés do adversário!

Bruno Ferreira: Muito tímido, errou tudo e penso que queimou o filme com o técnico.

Éder Luis: Muita correria, pouquíssimo cérebro, mas conseguiu acertar o cruzamento do gol!

Luan: Atuação calamitosa, errando seguidamente nos botes, na cobertura e nos passes. Fez uma falta infantil no gol do CRB e logo depois deu uma bola dentro da área para os atacantes do CRB, que não aproveitaram!

Rodrigo: Segurou a defesa praticamente sozinho!

Julio Cesar: Muito presente na marcação, só pode apoiar no segundo tempo!

Marcelo Matos: Muita luta e pouca bola, o normal dele.

Evander: Mais uma vez desfilou sua falta de compromisso coma profissão. Pena que mais um bom jogador está jogando fora as chances que recebe!

Pikachu: No meio de campo péssimo, perdendo um gol feito. Na lateral melhorou alguma coisa, mas está completamente fora de sintonia e só pensa em marcar um gol!

Andrezinho: Perdido dentro da barafunda que foi o meio de campo do Vasco hoje.

Nenê: Atuação muito abaixo de suas possibilidades.

Jorge Henrique: O grande nome do time hoje. Se o Vasco não perdeu a partida de hoje agradeça a ele, que quando percebeu que o meio de campo estava perdido, voltou e se postou ora como segundo , ora como terceiro homem de meio de campo!

Thalles: Sua atuação foi muito prejudicada pelo desempenho do resto do time, porém faltou um pouco mais daquele algo mais de entrega em campo!

Rafael Vaz: Entrou de centroavante e não decepcionou, marcando o gol de empate nos acréscimos!

Jorginho: Escalou o time errado, depois foi tentando acertar aos poucos, mas sua invenção deu resultado e o Vasco não perdeu a invencibilidade!.

 

Este jogo  pode passar algumas conclusões:

A-Há necessidade da contratação de um centroavante a mais.

B- Ou alguém tranquiliza o Pikachu ou não mais escalem ele, pois está completamente consumido pelas más atuações, suas reações após cada jogada errada demonstram sua instabilidade emocional do momento!

C- O jogo de sábado passado foi fácil porque o Pet saiu para atacar e não fez pressão na nossa saída de bola, o resto da segundona não vai ser o mamão com açúcar que estão pensando, embora devamos ganhar , pois nosso time é bom para esta competição!

Sábado teremos o Tupi de Juiz de Fora e penso que o time estará mais ativo e não vai entrar achando que já ganhou!

Saudações vascaínas.

 

 

 

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para NOITE INFELIZ!

  1. Sergio Luis Durço Maciel disse:

    Que sufoco. Mas uma coisa eu sei. Achamos nosso atacante: Rafael Vaz. Chuta bem, se coloca bem, sabe driblar, sabe bater falta e não tem medo de se apresentar para o jogo. Aquele toquezinho para o gol de ontem foi de uma categoria ímpar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s