VITÓRIA DA ORGANIZAÇÃO!

Caros amigos vascaínos,

Hoje a vitória sorriu para o time cruzmaltino e ela foi fruto da organização do time em campo, e da organização da infra estrutura da partida, muito bem feita pela diretoria do Vasco e pelas autoridades policias envolvidas.

O Eduardinho Bandeirinha de Melo saiu completamente desmoralizado pelas mentiras plantadas , com a ajuda de certa parte da flaprensa. O riquinho , metidinho a besta, a grande esperança de dirigente para salvar o futebol brasileiro, nada mais é do que um boquirroto, invejoso e uma pessoa com atitudes discriminatórias. O Vasco e o seu histórico estádio são suburbanos sim , com muito orgulho. Porém, o que o presidente do IM não entende nas suas declarações vascofóbicas é que o Vasco além de suburbano, é da Zona Sul, Oeste, Baixada, e de todo o Brasil!

Foi uma linda festa na casa vascaína, onde os visitantes foram dignamente recebidos, sem violência e sem coações. A diretoria do IM teve todo o conforto e a hospitalidade luso-brasileira, tão conhecida de todos nós. Devemos perdoar, os deslizes de certos torcedores IM que quebraram coisas e destruíram um banheiro, eles provavelmente não devem estar acostumados a usar um!

O jogo em si, foi muito lento, e ficava embolado no meio de campo!

Os times se resumiam na dificuldade que o Vasco tinha de jogar rápido e na total falta de vontade de ganhar a partida por parte do IM.

Do lado vascaíno J. Henrique (embora muito aplicado, correndo o campo todo) muito mal tecnicamente e Julio Santos em mais uma partida medonha , não permitiam que o time tivesse volume de jogo. Por outro lado o Marcelo Matos, muito sem ritmo de jogo, quebrava a bola com frequência e isto lentificava mais ainda a saída de bola vascaína.

No primeiro tempo chance real de gol aconteceu num cruzamento para a área e quando o Jomar ia marcar , Guerrero empurrou sua cabeça em pênalti claro. O juiz acuado pela campanha da imprensa contra pênaltis marcados a favor do Vasco não teve coragem de dar!

No segundo tempo, pouca coisa mudou no jogo, e nem a entrada do Eder no lugar do J. Henrique mudou algo.

Depois trocamos o Riascos pelo Thalles, também sem grandes resultados.

Houve a bola na trave do Nenê, em excelente cobrança de falta, que assustou a defesa adversária.

Jomar que fazia excepcional partida, sem uma falha , sentiu  a perna e pediu para sair. Rafael Vaz entrou em seu lugar e acabou sendo o herói da partida.

46 minutos, falta na intermediária a favor do Vasco e Nenê centra para a área, Rodrigo e Marcelo Matos tocam na bola e ela se oferece para o Rafael Vaz, que manda um tijolaço para as redes adversárias. Vasco 1 x 0 IM.

Festa na Colina histórica e mais uma vitória do Vasco sobre o IM. A chance sorriu para quem quis ganhar, para quem teve organização melhor do time e para quem fez uma organização perfeita de uma partida, contra tudo e todos, que insistem em menosprezar o nosso estádio!

Análise das atuações:

Martim Silva: Atuação tranquila, sem maiores problemas.

Madson: Podia ter sido muito mais incisivo, porém se omite nas horas principais.

Jomar: Atuação perfeita, sem erros. Detalhe importante, com ele a defesa não fica tão lenta!

Rafael Vaz: A estrela dele brilhou e fez o gol no fim.

Rodrigo; Foi o xerife da área como sempre, com participação importante no gol do Vasco!

Julio Cesar: Boa partida, mesmo muito marcado na saída de bola e as vezes exposto em jogadas de dois contra um!

Marcelo Matos: Não jogava desde dezembro, porém quebra muito a bola, não dá seguimento no toque do time. Importante na marcação na frente da área.

Julio Santos: Pior figura em campo. Lento, fazendo faltas bobas, dando passes errados, um verdadeiro horror! O Paraguai já não tem uma escola de jogadores de alto nível e no caso do Júlio , nem seleção ele é, portanto………

Andrezinho: Boa atuação, embora errando muito o último passe. O vento constante atrapalhou muito o toque de bola dele!

Nenê: O grande nome do Vasco mais uma vez. Mandou uma na trave, criou várias jogadas e fez o centro do gol vascaíno!

Riascos: Muito enrolado, completamente confuso hoje!

Thalles: Entrou, lutou muito , mas nada acrescentou!

Jorge Henrique: Corre muito, dedicado, mas completamente infeliz tecnicamente.

Eder: Entrou dando mais velocidade, porém infeliz nas conclusões.

 

Jorginho: Acertou com Jomar e com Marcelo Matos. Seu grande erro é insistir inexplicavelmente com Júlio Santos, o que quebra toda a dinâmica do meio de campo!

Rodrigo levou o terceiro cartão e não joga contra o Tigres no sábado. Jomar e Rafael Vaz mostraram em campo que podem muito bem jogar como titulares. Eu  não senti falta da lentidão do Luan!

Sábado teremos novo jogo , desta vez contra o Tigres, no campo de Los Larios em Caxias.

Saudações vascaínas

Obs.: Não discuta o jogo ou polêmicas com torcedores do IM, afinal o freguês tem sempre razão!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

 

 

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para VITÓRIA DA ORGANIZAÇÃO!

  1. Sérgio Luis Durço Maciel disse:

    Um cala boca nos detratores de São Januário e mais uma prova inequívoca de que a torcida mulamba incentivada por seu presidente elitista são os únicos responsáveis pelos problemas que ocorreram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s