ESTREIA DISCRETA NA COPINHA!

Caros amigos vascaínos,

Hoje o Vasco estreou na Copinha (Tç Cidade de SP) com um discreto empate contra o time de aluguel do Guaicurus, que na verdade é uma filial do Marítimo de Portugal!

Como todos sabem nosso time deixou no Rio cerca de dez jogadores da idade até sub 20 e que seriam e sua maioria titulares deste time, para que fossem integrados ao elenco de profissionais.

Sendo assim, jogamos com o time sub 17 reforçado por alguns dos juniores, como por exemplo os zagueiros e o Bruno Cosendei , entre outros.

Algumas coisas devem ser frisadas numa competição como esta.

Em primeiro lugar, ir com um time dois e até três anos mais jovem que a idade limite, causa uma evidente disparidade de força física, o que nesta categoria é decisivo para os resultados.

Em segundo lugar, se espera que os jogadores da categoria, os quais não foram integrados ao elenco de profissionais, estão tendo uma última chance de qualidade para mostrar o seu futebol e ,portanto, deveriam comer a grama e liderar os mais jovens.

Desta maneira, o julgamento de atuações e mesmo dos resultados tem obrigatoriamente ser realizado sob outra ótica , que não aquela dispensada aos jogadores do time de cima!

O Vasco começou a partida razoavelmente bem e chegou ao seu gol muito cedo, numa jogada pela esquerda, onde o volante Jussa , fazendo as vezes de lateral esquerdo cruzou e o Hugo Borges (sempre muito oportunista – já o vi jogar antes no sub 17) cabeceou sem chances para o bom goleiro do Guaicurus.

Depois do gol, o vigor físico do time do Guaicurus começou a fazer a diferença e eles tomaram conta do jogo, porém as melhores chances foram do Vasco, que na mesma jogada perdeu três gols absolutamente feitos  (com milagres do goleiro adversário) e no contra ataque quase tomou o empate!

Veio o segundo tempo e pouca coisa mudou, até que o zagueiro Daniel Gonçalves sentiu o adutor e teve de sair.

Nestes momentos da substituição o time foi inexperiente, o nosso treinador resolveu dar uma de Prof. Pardal e o resultado foi o gol de empate do adversário.

Quando nosso zagueiro saiu, o Rodnei resolveu mexer colocando um atacante e com isso mudou de posição três jogadores na defesa e meio de campo e até que o time se achasse saiu o gol de empate, justamente em falha de cobertura da defesa  e meio de campo, num bate e rebate! Frise-se que esta mudança ocorreu durante um período do jogo em que o adversário estava pressionando muito nosso esquema defensivo

Depois o time passou a dominar o jogo, porém muito nervoso em campo e aceitando a catimba dos jogadores adversários para passar o tempo.

Ainda perdemos um gol incrível com o Paulo Victor, noutra boa defesa do goleiro e o jogo caminhou para o final com o empate decretado.

Análise das atuações:

João Pedro; Goleiro alto, no todo foi bem, com uma boa saída da área para cortar um contra ataque do primeiro tempo.

Gabriel: Parece mais um ponta do que lateral, deixando muitos espaços na marcação.

Lucas Barbosa: Zagueiro apenas mediano, não fez grandes bobagens.

Daniel Gonçalves: Joga mais do que fez hoje e ainda acabou contundido! Também não é jogador para suprir o elenco principal, pelo menos no momento.

Paulo Victor: Atacante, baixinho, driblador, mas perdeu um gol feito por pura inexperiência.

Richard: Lateral alto, meio lentão, como lateral foi apenas razoável. depois que foi para a zaga se perturbou e acabou falhando no gol adversário, rebatendo a bola para a frente da área.

Iago Índio: Outro jogador sub 20, já conhecido. Eu penso ser ele muito fraco tecnicamente, aparece na marcação pelo vigor físico, mas também é pouco inteligente nas coberturas.

João Vitor: Cabeça de área magrinho , esguio, com certa intimidade com a bola, entrou no fim para ajudar a defesa.

Jussa: Como volante foi razoável para bom. Na lateral esquerda desempenhou bem seu papel.

Douglas Luis; Bom jogador, com boa movimentação , indo bem atrás e no apoio ao ataque.

Bruno Cosendei: Fez tudo que não deveria. Desfilou pelo campo uma lerdeza e uma máscara dignas de um Ganso do SP. Realmente não caiu a ficha de que se ele for bem na Copinha vai ser integrado em cima. Já o vi jogar antes, sei do potencial dele, mas jogando assim vai se enterrar de vez!

Ícaro: Entrou no lugar do Bruno e não jogou nada. Já o vi jogar três vezes e em nenhuma delas demonstrou qualquer qualidade. Vamos aguardar mais.

Robinho: Jogador muito jovem, muito habilidoso, porém excessivamente individualista. Pode ser melhor preparado e vai dar trabalho por aí!

Hugo Borges: Jogador malandro, oportunista e goleador. Viveu de correr atrás das bolas divididas, pois quase não era acionado , sem que fosse de chutão!

Rodnei Gonçalves: Tinha armado o time bem no primeiro tempo, mas na hora da contusão do zagueiro, quando era maior a pressão do adversário não poderia ter demorado na substituição e muito menos ter inventado várias mudanças de posição na zaga!

 

É evidente que não se trata de um time para ganhar a Copinha, porém poderá fazer boa presença.

Tem jogadores interessantes e jovens, que podem ser muito trabalhados e na minha opinião os mais velhos estão com muito poucas chances de vir a ser úteis em cima, a não ser que o Cosendei resolva descer do salto alto e cair na realidade de que é um bom jogador, mas não um extra série, como está pensando que é!

Na terça o time volta a campo contra o São Raimundo de Roraima e se alguma estação passar o jogo estaremos vendo e analisando para vocês!

Saudações vascaínas!

 

 

 

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s