INÍCIO DA CAMINHADA

Caros amigos vascaínos

Hoje em Macaé, se iniciou a caminhada do Vasco no Campeonato Estadual.

Jogamos contra a Cabofriense, um time na média destes do Campeonato Carioca, e conseguimos uma vitória , importante no sentido de dar mais confiança para este time, tão carente dela!

O Campeonato se iniciou bastante tumultuado , no sábado, com os episódios lamentáveis de agressão da torcida do IM no vestiário do Macaé , antes do início da partida e com um gol absurdamente validado, no jogo do Botafogo, onde o goleiro do Boavista sucumbiu a um puxão no braço dado pelo Marcelo Matos e ninguém chiou!

Voltando ao que mais nos interessa, que é o Vasco, entramos com uma equipe escalada, tentando manter um mínimo de entrosamento conseguido na pré temporada.

Novidade mesmo foi o Madson , pela lateral direita, que me agradou bastante pelo apoio e pela velocidade!

No primeiro tempo senti o time , do meio de campo para a frente, muito individualista e com uma nulidade do Rafael Silva de centroavante. Estes problemas lentificavam a saída de bola e levamos pouco perigo a meta adversária.

Por outro lado, o time nitidamente se ressente de um organizador de jogadas no meio de campo, onde todos insistiam em correr com a bola sem tocá-la de maneira rápida para o companheiro mais livre.

Veio o segundo tempo e logo no início, num erro do Leandro, lateral esquerdo adversário, Montoya roubou a bola  e fez um belo passe para o o Bernardo marcar o primeiro gol Note-se que esta jogada do Montoya foi a única vez em todo o jogo em que ele jogou coletivamente, pois estava desperdiçando jogadas em penca por individualismo excessivo.

Depois do gol tivemos algumas chances, mas com o  passar do tempo e com o calor o time foi perdendo o ímpeto e a velocidade.

Neste momento, a Cabofriense apareceu perigosamente, pois vários do meio de campo andavam em campo, exaustos pela marcação mais pressionada do primeiro tempo.

Finalmente, em outra das poucas jogadas coletivas do time , Marcinho foi servido na entrada da área e se aproveitou da bola bater num adversário enganando o goleiro e fazendo o segundo e definitivo gol da vitória do Vasco, aos 42 do segundo tempo.

De certa forma o time evoluiu, mas ficou nítida a fraqueza do Rafael Silva . Por outro lado os atacantes estão jogando solo, muito individualistas, querendo se afirmar no time a qualquer preço.

Análise dos jogadores:

Martim Silva: Sem problemas maiores, uma falha de saída de gol e a reposição ainda não melhorou!

Madson: Boa estreia. Não foi testado na defesa, mas no apoio apareceu bem, demonstrando ter velocidade para a posição. Saiu de campo morto. Perto do Diego Renan é uma benção………….

Jean Patrick: Entrou para segurar o ponta esquerda do adversário e se saiu bem em dez minutos, chegando a dar um chute a gol.

Luan: O de sempre. Lentidão nas coberturas, uma jogada irresponsável no  primeiro tempo e uma falha grosseira no segundo tempo! Ou põe na cabeça que é um jogador mediano e joga como tal, ou vai acabar mal na zaga do Vasco!

Rodrigo: Outro que acha jogar mais do que joga. Falhando muito em jogadas dentro da área.

Christiano: Apoiou muito, errou a maioria dos cruzamentos, mas demonstrou mais velocidade, podendo melhorar ainda mais. Ano passado jogava fácil na segundona e me parece excessivamente inibido!

Serginho; Estreia boa para razoável. Não comprometeu.

Lucas: Boa atuação, incansável na meia cancha e sempre uma opção de bom passe.

Montoya: Corre, aparece muito para a torcida, mas está excessivamente individualista, fazendo o time perder boas chances de contra ataques e até gols. Na única jogada em que foi um jogador de futebol e não um peladeiro, desequilibrou o jogo e deu o passe para o Bernardo marcar!

Yago: Velocidade, individualista ao extremo e pouco inteligente. Pode ser útil se resolver jogar para o time.

Marcinho: Muito esforçado, mas estava num dia em que pouca coisa dava certo, porém sua persistência foi premiada com um gol decisivo , no fim do jogo!

Bernardo: Com o mesmo problema do Montoya. Muito individualista. Teve a chance do gol e matou o goleiro. Cansou e teve de ser substituído.

J. Clay: Impressionante como um jogador de vinte anos pode entrar para quinze minutos e se portar como se estivesse exausto!

Rafael Silva: Completamente perdido em campo. O Daniel dos juniores é melhor que ele!

Doriva: Manteve um padrão de jogo, mostra trabalho e um time mais compacto que os times do Vasco ano passado!

Entendendo este jogo como o início de uma dura caminhada, penso que poderemos ter no futuro um time de razoável para bom, desde que para o Nacional cheguem alguns reforços.

No nível do regional o time do Vasco está mais ou menos no nível dos demais! Sem dúvida o IM e o Flu tem mais investimento, mas não são times com tanta disparidade assim!

Penso que se  nossa torcida apoiar , mesmo tendo menor investimento, e este time comprar a briga, poderemos ter boas chances neste Estadual.

 

P.S.: Fim de jogo do Flu e o Vasco é líder do estadual na primeira rodada!

Saudações Vascaínas.

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para INÍCIO DA CAMINHADA

  1. Sérgio Luis Durço Maciel disse:

    Estive em Macaé assistindo o jogo ao vivo e mais uma vez cheguei a conclusão de minha total incapacidade de analisar um jogo tal como você brilhantemente faz. Não consigo enxergar tática nem disposição em campo. Sou analfabeto nisso rsrsrs, por isso gosto de ler seus comentários. Bom, mas isso não me impede de tirar algumas conclusões. Sobre o excesso de individualismo, principalmente na grande área do adversário ou próximo dela é uma falha que o Doriva precisa acertar conversando com os jogadores e mostrando a eles que um passe perfeito para um companheiro fazer um gol é tão importante como o próprio gol (tal como feito pelo Montoya com a brilhante conclusão do Bernardo). Mas quero ir na contramão de apenas uma coisa. É o caso do Raphael (ou Rafael) Silva. Ele não está jogando na posição dele, já que não é homem de referência na área, por isso o desculpo, pois para mim lutou o tempo todo e se não fosse tão afoito em concluir, pelo menos em duas jogadas, se tivesse tido calma e dado o passe para o colega melhor colocado, hoje poderia estar tendo uma avaliação melhor por parte de todos. Agora uma pergunta: Você acha que se ele jogar na verdadeira posição dele (atuar pelo lado do campo e o Vasco com um verdadeiro homem de área), ele poderá ser aproveitado e melhorar sua performance? Grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s