SERÁ QUE AGORA VAI???

Caros amigos vascaínos,

Nesta sexta passada, nosso clube conseguiu importante vitória, jogando em casa contra o até então líder do campeonato da série B.

Desta feita, jogando com melhor organização e participação mais ativa de vários jogadores, os quais ultimamente vinham negando fogo nas horas cruciais.

Por outro lado, o Joinville sentiu muito a falta de seu artilheiro e acabou jogando muito atrás, a espera de uma bola, que acabou não acontecendo.

Outro fator determinante do domínio vascaíno foi a marcação realizada no campo do adversário, mantendo-o sob pressão desde os primeiros minutos.

Com a modificação realizada pelo técnico Joel, no  meio de campo, a entrada de Pedro Ken, este setor do time foi estabilizado em termos de divisão de tarefas e até mesmo o Douglas deu uma contribuição a mais para o combate do adversário, eliminando os espaços entre ataque e defesa.

A saída do Fabrício e a entrada do Pedro Ken possibilitaram maior ocupação de espaços pelo time, compensando a pouca mobilidade do Douglas. Por outro lado, a presença do Dakson  ajudou o Douglas na divisão de tarefas ofensivas.

No ataque, se o Kleber se manteve apenas discreto, Thales, mais uma vez foi muito importante para o time, participando ativamente na jogada do primeiro gol e fazendo o segundo, em bela cabeçada.

Não podemos deixar de observar que o lateral Marlon conseguiu um desempenho físico bem melhor neste jogo, embora com os defeitos habituais de marcação! Saiu dele o cruzamento para o segundo gol vascaíno, após jogada trabalhada desde a lateral direita, até o meio de campo , com a enfiada de bola do Douglas para o Marlon e daí saindo cruzamento certeiro para o gol de cabeça do Thales.

Martim Silva: uma grande defesa, sem maiores problemas.

Diego Renan: cruzou a bola do primeiro gol, mas erra muito as conclusões de jogadas.

Rodrigo: Discreto, realizando bem sua função.

Douglas Silva: no mesmo nível do companheiro de zaga.

Marlon: melhor atuação dele no Vasco, embora não tenha empolgado!

Guinazu: uma luta incessante, muita garra. Deve tomar mais cuidado com faltas desnecessárias nas laterais da área, dando chances para chuveiros na área vascaína.

Pedro Ken: boa partida, sendo muito útil na compactação do time, cobrindo os espaços.

Dakson: fez um gol esquisito, meio de canela, mas a sua movimentação foi excelente.

John Clay: entrou e pouco acrescentou.

Douglas: com muito menos sono do que de outras vezes, belo passe para o cruzamento do segundo gol.

Lucas Crispim: entrou no lugar do Douglas, sem tempo par aparecer.

Kleber: discreto, sem grandes jogadas.

Thales: novamente destaque da equipe, pela garra, e participação nos gols, fazendo um de cabeça e participando da jogada do primeiro gol, no passe para o Diego Renan chegar na linha de fundo. Precisa melhorar muito e penso que o Joel poderá trabalha-lo melhor do que o Adilson.

Montoya: entrou no fim, sem tempo.

Joel: armou bem o time, conseguindo mais participação de todos os jogadores nas diversas tarefas dentro de campo!

Agora teremos que esperar até sexta que vem, não sei por causa de que o jogo saiu de sábado para sexta, e também esta diretoria prorrogada pouco sabe do time!

Estão chegando as eleições de outubro para deputados e etc..

Vascaíno você tem um dever: fazer campanha diuturna para acabar com o emprego do Banana. Se você sabe que alguém vai votar nele, faça campanha contrária e convença tal inocente a dar o troco nas urnas, deletando este botafoguense traidor do seu carguinho!

Espero que ninguém tenha, mais uma vez, a infeliz ideia de prorroga-lo em 11/11, pois o Vasco não merece tal castigo! Não é mesmo Amélia??????????

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para SERÁ QUE AGORA VAI???

  1. Rodrigues neto disse:

    Será que alguém pode acreditar que o Vasco apresentou alguma melhora, depois de ter jogado contra um time que apesar de ser líder, demonstrou ser um time apático. O nível desses times da série “B”, todos, é muito baixo. 50% daqueles que conseguirem se classificar vão estar retorno a série “B” em 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s