ESPERANÇA, MESMO SEM LÓGICA!

 

Caros amigos vascaínos,

 

Depois de um sábado onde nossa vitória nos colocava muito bem na tabela, tivemos de amargar uma vitória do Bahia, que complicou demais nossa situação na tabela.

Nos jogos de domingo somente a derrota do Flu nos favoreceu. Coritiba conseguiu pontinho  precioso no Sul e o Bahia ganhou de uma Portuguesa inexplicavelmente apática!

A situação ficou assim na tabela:

Inter              46   11v

Bahia             45   11v

Portuguesa   44   11v

Criciúma        43   12v

Fluminense   42   11v

Coritiba         42   10v

Vasco             41   10v

Ponte  Preta  36   9v

Náutico          17   4v

 

 

Na próxima rodada teremos Flu x Galo no Maracanã, com o Galo pensando no Mundial e com provável time misto.

Ponte Preta x Portuguesa em Campinas. Atenção a imprensa paulista já está dizendo que trocar o rebaixamento pela Sulamericana é um bom negócio, com a intenção dos caras amolecerem contra a Lusa!

Criciúma x São Paulo em Criciúma.

Coritiba x Botafogo em Curitiba

Bahia x Cruzeiro em Minas.

Vasco x Náutico no Maracanã.

Com base na paixão o Vasco estará fora da Z4 no final do  domingo que vem, porém se pensarmos com a lógica a coisa é bem diferente!

Pelo número de vitórias o time que está mais tranquilo é  o Criciúma , que sai na frente com 12 vitórias, o que certamente lhe ajudará nos possíveis empates. Irá pegar um São Paulo vindo de uma decisão, então sinceramente não acredito que perca a vitória em casa, indo para 46 pontos e 13 vitórias.

No sábado que vem o Flu pegará um Galo completamente desmotivado e sem querer colocar o pé nas divididas, só não ganha se o Dorival treinar e arrasar o time do Flu! Deverá ganhar, um milagre e dará empate, assim iria para 45 pontos e 12 vitórias ou 43 pontos e 11 vitórias.

Ponte Preta e Portuguesa em Campinas e se não houver sacanagem de resultado arrumado teremos um empate. Portuguesa iria para 45 pontos e continuaria com 11 vitórias. A Ponte daria adeus definitivamente. Porém se houver mutreta ele ganham e vão a 47 pontos e 12vitórias.

O Coritiba joga a vida contra o Botafogo, em casa. Depender dos vacilões tremedores do Bota vai ser difícil. Vitória do Coxa ou , com alguma sorte empate. Assim teríamos um Coxa com 45 ou 43 pontos e 11 ou 10 vitórias.

Bahia x Cruzeiro em Minas penso que dará Cruzeiro e com a derrota o Bahia ficará com 45 pontos e 11 vitórias.

Nosso Vascão tem obrigação de não só vencer, mas de dar uma goleada, pois o saldo de gols poderá ser decisivo! Iria a 44 pontos 11 vitórias.

Desta maneira ficaríamos com o seguinte quadro, primeiro a esperança e depois a lógica!

Criciúma        46 13v.                              46   13v.

Bahia              45 11v.                              45   11v.

Portuguesa    45 11v.                             47   12v.

Vasco              44 11v.                            44   11v.

Fluminense    43 11v.                             45   12v.

Coritiba          43 11v.                             45   12v.

 

Desta maneira na primeira hipótese estaríamos fora do Z4 no domingo que vem , ou ainda nele , embolados um ponto atrás.

De qualquer forma, com a melhor hipótese ou com a pior, somente teremos uma decisão favorável na última rodada!

Para a última rodada o Botafogo enfrenta o Criciúma no Maracanã e poderíamos esperar uma derrota do clube de Santa Catarina. O São Paulo desmotivado pega o Coritiba em São Paulo, mas pelo menos terá o empate. Bahia e Fluminense jogariam a vida na Fonte Nova , sem poderem pensar em empatar para ajudar os dois! Portuguesa poderá estar jogando a classificação ou não no Canindé contra um Grêmio precisando se garantir na Libertadores.

Finalmente o Vasco jogaria a vida ou morte em Joinville , contra um Atlético Paranaense, que se estiver garantido na Libertadores estaria sendo pressionado pela sua torcida para não dar boa vida ao Coritiba!

Por todo este estudo, somente ganhando todas teremos uma chance acima de razoável de escapar do rebaixamento!

A tradução real desta situação é no sentido de que não há mais espaço para os jabás, para os tremedores, para os descompromissados e para os baladeiros do elenco! Somente conseguiremos alguma coisa com aqueles que querem algo a mais na carreira, e que estiverem cem por cento fisicamente!

Neste ponto nos voltamos par a análise do jogo de ontem.

Adilson escalou uma equipe onde somente um atleta estava com a cabeça fora de campo, e este foi o Marlone! Todos os que entraram se esforçaram, correram e vibraram coma vitória, mesmo aqueles tecnicamente fracos! Foi esta a principal razão de nossa vitória, além do time do Cruzeiro ter vindo com um misto quente!

A não escalação de Nei, Wendel, André, R. Silva (pelo menos de saída), Sandro Silva, e outros deu ao time uma impressão de que iria lutar e que todos iam meter a cara para ganhar!

Entramos marcando em cima e um gol aos três minutos incendiou o Maraca. Numa cobrança de bola parada, Luan cabeceou para o meio da área e Thales marcou de cabeça!

Senhor Adilson, não sei quem lhe disse que deveria manter o moleque de fora do time, mas seja quem for não lhe dê mais ouvidos. Thales é uma promessa e o André é um ocaso de baladeiro irresponsável!

Depois disso o Cruzeiro começou a impor o toque de bola e o Vasco se ressentia de ter um meia para organizar o ataque.

Ao mesmo tempo, a omissão do Marlone era fatal para nossos ataques. Dispersivo, se esquivando nas divididas, passou como uma sombra daquele jogador útil do meio do campeonato!

Ainda no  primeiro tempo, Alessandro fez duas grandes defesas e ao final numa excelente jogada do Pedro Ken, Edmilson acertou um balaço no gol cruzeirense e deixou o Vasco em vantagem de 2 x 0.

Veio o intervalo e falou mais alto a mediocridade dos técnicos brasileiros da atualidade, Adilson voltou com o time nitidamente atrás, tentado aproveitar o contra ataque e deixando campo para o Cruzeiro tocar a bola!

Antes do Cruzeiro diminuir com um gol de bola parada muito bem executada pelo Everton, o Vasco ainda teve duas chances em contra-ataques , numa o Thales em jogadaça concluiu e a defesa evitou o gol, na outra o Edmilson foi derrubado na área e o juiz não deu o pênalti!

O gol do Cruzeiro foi uma jogada estranha e penso que o Alessandro não falhou, era uma bola difícil e um bando de jogadores tentaram desviar a bola!

Depois do gol o Vasco ficou um pouco nervoso, e o Cruzeiro ainda teve algumas chances, porém ao final a vitória vascaína foi justa.

Alessandro: bem na partida, levou um gol numa bola difícil, acabou enganado com o quique. Nas bolas altas vai bem, mas quando precisa de rapidez de reflexo é um problema. Nas reposições repete seu treinador!

Fagner: Partida acima de razoável, mas nada de excepcional. Saiu machucado.

R. Silva: Entrou de lateral. Não entendi a opção do Adilson, colocando um jogador lerdo na lateral!

Luan: Boa partida. Participou do gol vascaíno. Continua a achar que joga mais do que a realidade e é muito lento, porém pode ser melhor trabalhado e jogando sério pode ser útil.

Cris: partida sem falhas, ganhando nas bolas altas.

Yotun: razoável no ataque e muito fraco na defesa.

Abuda: O coração de vontade do time. Um leão a frente da zaga, ainda encontrou fôlego para preencher os espaços do meio de campo.

Guinazu: Num degrau abaixo do Abuda, lutou muito na defesa.

Pedro Ken: Limitado, mas com uma vontade de ganhar interminável. Fez a jogada do segundo gol!

Edmilson: Valente, veloz, limitado, mas útil. Marcou um golaço!

Thales: Jovem, ambicioso, destemido, tem tudo para ser um bom centroavante. Gol de oportunismo. No segundo tempo ia marcando um golaço e a defesa salvou!

Robinho : entrou no fim e nada fez.

Bernardo : entrou para parar o jogo no fim.

Marlone: Deverá ser chamado para uma conversa, pois é jovem e inexperiente quanto a situação em que foi colocado. Está desligado, temendo jogar e se machucar e se omitindo do jogo!

Adilson: Se esqueceu de que o saldo de gols do Vasco é péssimo e pode ser parâmetro de desempate. Como todos os técnicos brasileiros se acovarda com placar de 2 x 0 a favor!

Foi longa esta crônica, mas a necessidade de fazer algum estudo sobre os resultados era importante neste momento!

A esperança é a única companheira da torcida do Vasco nestas horas de ansiedade, mesmo que desprovida de lógica, mas baseada na paixão que caracteriza o torcedor. Nossa torcida já provou que é fiel, e leva o time nas costas, desde que sejam escalados jogadores que honrem a camisa cruzmaltina!

A torcida está sabendo separar o apoio ao time, da revolta contra esta diretoria omissa e incompetente, aliás sempre que aparecia a foto do Banamite nos telões do Maraca a vaia era estrepitosa!

A propósito, para o jogo de domingo que vem se o GEPE  continuar a ser incompetente e reservar quase dez mil lugares para uma torcida de time rebaixado, que se vier será de menos de vinte pessoas, será caso de demissão dos responsáveis!

Força torcida, força Vascão!

Saudações vascaínas.

 

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para ESPERANÇA, MESMO SEM LÓGICA!

  1. Sérgio Luis Durço Maciel disse:

    Sem ressalvas. Crônica simplesmente perfeita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s