Vitórias do Vasco

Caros amigos vascaínos,
Tanto na terça como na quarta o clube saiu vitorioso.
Na quarta tivemos importante vitória contra o time da moda (mas que não consegue rodar). O Vasco começou arrasador e a defesa santista fazia água por todos os lados, facilitando o trabalho do nosso ataque.
Com atuações brilhantes do Dedé, Diego Sousa, muito bem secundados pelo Prass, Anderson, Felipe, Jumar e Fagner, o Vasco se impôs ao adversário, que gosta muito de firulas, mas não gosta de trabalho em campo, contrariando o futebol moderno.
O golaço inicial do Diego e um gol incrível perdido pelo Eder deram a temperatura do jogo, com o Vasco se impondo ao adversário.
Pudemos ver mais uma vez que sem homens de combate no meio de campo talvez o resultado não tivesse sido tão bom. Sem dúvida será um doce problema para o RG resolver, mas também será difícil comtemplar todos os egos envolvidos!
Com a contusão do E. Costa, certamente o Jumar irá para a cabeça da área novamente. É importante assinalar como este atleta melhorou a sua participação no time e nos últimos jogos figurou como peça importante das vitórias.
Com esta vitória permanecemos colados nos líderes e poderemos entrar no clássico de domingo com mais moral. Pena que o jogo será disputado no PÉSSIMO GRAMADO do Engenhão. Imaginem se estas condições de jogo fossem em SJ!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Na terça feira o clube viveu mais uma página de eleições em sua história e realmente foi uma pena que algumas chapas corressem da disputa, baseando suas posições muito mais em seus egos do que pensando realmente em algum protesto.
Está claro que a eleição, no tocante a lista de votantes poderia ter sido melhor formatada, mas realmente daí a comparar com alguma eleição da época da oposição radical em termos de lisura parece piada de salão.
Um ponto positivo para a diretoria, que havia iniciado o processo falhando na organização das listas, foi a organização do evento dentro de SJ no dia da eleição.
Se algum “morto” da lista aparecesse por lá seria facialmente preso, pois teria de apresentar sua identidade “de falecido”.
O sócio teve conforto para votar, e penso que o evento foi imaginado para dar certo mesmo com o dobro dos votantes.
Quem correu alegando fraude sofismou e acabou por apostar tudo no velho e obsoleto esquema de liminares, que tanto nos fez sofrer anos a fio.
No decorrer da eleição verificamos uma tentativa frustrada de enganar o eleitor, por manobra da chapa O Vasco pode mais, que apresentou cédula branca, igual a da chapa da situação. Realmente foi lamentável tal tentativa, pois há testemunhas presenciais da reunião, onde representantes da referida chapa garantiram que a cédula deles seria verde. Ora, realmente no estatuto não obriga a ter cor de chapas diferentes, mas me parece que a palavra dada é maior do que qualquer estatuto e pegou mal a ação realizada.
Aliás, na nota divulgada pela assessoria da chapa o Vasco pode Mais (que mais parecia um desesperado choro de perdedor) realizando em seus parágrafos finais, se não me engano, uma obra em que faltou com a ética e com a verdade, fazendo relatos inverídicos e levianos sobre fatos relacionados a fusão de chapas e quanto ao posicionamento de integrantes da chapa em relação à oposição radical, o que diminui mais ainda a credibilidade de tal nota!
Tirando esta breve recaída de comportamento, o resto foi quase perfeito, não fosse alguém querendo seus cinco segundos de mídia ao aparecer com nariz de palhaço e ao final desistindo de votar. Creio que a fantasia se adequou perfeitamente a atitude do fantasiado!
No mais a eleição foi pacífica, sem as tradicionais agressões verbais e físicas do passado, e transcorreu dentro de vigilância das três chapas.
A chapa do Dinamite teve vitória inconteste e em segundo lugar surgiu a Cruzada Vascaína, uma bela opção de esperança para novos ares ventilando dentro do clube.
Está claro que as liminares estarão aí para serem julgadas e também é claro que os fujões tentarão melhorar a sua situação nos tribunais, mas devemos ter a confiança na justiça de que estas manobras não podem encontrar amparo!
Esperamos que a minoria eleita através de um grande trabalho de seus pares continue o excelente trabalho de colaboração com o Vasco e não com facções. A Cruzada Vascaína tem mostrado sua verve de trabalho em prol do clube, apontando erros, mas também relacionando possíveis soluções, sem agir de maneira irresponsável extramuros!
Esperamos que o futuro do clube seja mais pacífico, onde uma oposição possa ser firme sem ser um palco para fantasias midiáticas, podendo desta maneira exercer de maneira ética a função de vigiar, apontar erros, mas também colocar soluções em pauta para discussões.

Agora temos de nos focar no Brasileirão e torcer para que consigamos superar o carecão do Engenhão!
A propósito gostaria de fazer um relato acerca de fatos preocupantes quanto aos estádios cariocas.
No ano de 2000, quando ocorreram aqueles incidentes em SJ na final do Nacional, a mídia mandou bala, o CREA foi lá e fizeram um verdadeiro circo de apuração das condições do estádio.
Agora, na obra do Maracanã, se descobriu que a marquise estava condenada e a mesma teve de ser demolida. Eu pergunto: Só agora descobriram isto ou já rolava há certo tempo, e em virtude do interesse de se manter o estádio aberto se colocou a população que lá frequentou em perigo????????????????????????????????????????????????
Vejam que ninguém da mídia se preocupou com esta face do fato!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Será que uma estrutura de concreto fica condenada da noite para o dia , num país que não tem nem tremor de terra??????!!!!!!!!!!!!!!!!!
Outro fato preocupante se relaciona com o Engenhão. Ano passado aconteceram pequenas rachaduras na estrutura, mas esclareceram que não havia risco.
No final do ano passado e no início deste ano houve relato técnico de que os pilares da estrutura metálica da marquise do estádio haviam apresentado problemas, acontecendo algumas reuniões entre a Prefeitura e o Botafogo.
Posteriormente, houve notícia de que estes pilares sofreram um reforço com passagem de cabo de aço para escorá-los. Ainda nesta notícia a Prefeitura falou que o problema da marquise era mínimo, não havia risco, mas que seriam necessário dezoito meses para o reforço da obra!!!!!??????????
Na mesma notícia, divulgada no jornal O Globo, no início do deste ano, um engenheiro informava que as equações utilizadas para calcular a referida marquise não estavam corretas!!!!!!!
Como não entendo de construções e não sou engenheiro, deixo com o leitor as conclusões se a conduta tomada com o Maracanã, não está sendo tomada com o Engenhão!
Será que ninguém da imprensa investigativa terá curiosidade para apurar estes fatos e tirá-los a limpo em prol da segurança do torcedor??????????

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s