Futuro incerto

Caros amigos vascaínos,
O ano de 2010 caminha para o seu fim e as previsões não são nada animadoras para a torcida vascaína. Falta de transparência, falta de gente com tino administrativo (com honrosas exceções), falta de definições quanto à receita do clube e total dúvida quanto ao que vai acontecer no Departamento de Futebol. E não se esqueçam das nuvens negras se avolumando com as novas eleições, sabe-se lá em que data, no ano que vem e seu potencial de crise para o clube.
Antes de entrar no assunto propriamente dito, gostaria de agradecer as manifestações do Áureo Ameno, um dos poucos jornalistas vascaínos que dá a cara a tapa na imprensa e por isto mesmo anda afastado dos principais programas de rádio e TV. Não sou jornalista, não sou um bom escritor, sou apenas um torcedor vascaíno que tenta passar, para os que me lêem, um pouco do que eu sinto estar acontecendo no Vasco. Por estes motivos que é um grande motivo de orgulho ter sido citado pelo Áureo em suas colunas recentes. Realmente muito obrigado!
A diretoria atual do clube fracassou completamente neste ano, por vários e infindáveis motivos, porém todos eles começam na morosidade e falta de transparência das decisões.
O Planejamento para 2010 foi zero, pois mesmo que o bendito Rodrigo Caetano possa ter pensado em algo, nada se consumou por total falta de apetite desta diretoria em se mexer e decidir!
Esta novelinha para a renovação do Rodrigo já deu no saco e passou para a conta de mais uma trapalhada da diretoria, porém fiquemos atentos, pois quem decide para onde o Rodrigo vai é o Carlos Milk, seu empresário, por sinal empresário do Carlos Alberto. Se o referido empresário resolver abandonar de vez o clube e levar seus investimentos para outro lugar, não sairá somente o Rodrigo, podem apostar!
Realmente se esta diretoria não consegue estabelecer de onde virão os investimentos para o ano que vem não se pode exigir destes senhores lerdos e incompetentes que façam qualquer renovação de supervisor, técnico e outros nesta linha.
Se a diretoria não acaba logo com o patrocínio da Eletrobrás, teremos um ano de 2011 à míngua de dinheiro, pois os problemas com as certidões vão permanecer. Se sabem que este patrocínio é inviável, por causa de que motivo não se mexem para ter outro? Será que o objetivo é deixar o Vasco a mercê do dinheiro de grupos de empresários? Certamente que, se o caminho for o atual, o Vasco vai necessitar de um Messias empresário para “ajudar” e aí o slogan “O Vasco é Meu” vai soar mais falso do que nunca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não ficaria nem um pouco surpreso, se o Galo Mineiro cair e Carlos Milk trazer para cá o Dorival, mantiver o Rodrigo e continuar a política dos jabás de 2009! Não sei se perceberam que as notícias queimando o PC Gusmão ficaram maiores quando a situação do Galo era crítica e esfriaram quando a colocação do Galo melhorou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Por outro lado a chance de trabalhar sem pressão de uma eleição à vista foi perdida e certamente teremos um ano de nuvens negras na política vascaína e os coveiros de sempre, aqueles radicais do Eurico e do Roberto vão se encarregar de transformar o ambiente do clube em puro veneno, gastando horas discutindo pelos fóruns, colunas e listas de discussão se seus líderes são santos ou diabos, pouco se lixando para o prejuízo que causarem ao clube!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Que no novo ano que se avizinha apareçam vascaínos que não queiram simplesmente evidência e câmeras de TV, mas sim administrar o clube, pois se continuarmos sem ninguém aparecendo com as devidas qualidades para assumir os quadros do clube, pouca coisa irá mudar no rumo da falência financeira e administrativa!
Está na hora dos que tem algum poder e não concordam com nada disto que as facções da situação e da oposição nos impõem goela abaixo se manifestarem em todos os Conselhos, em todos os lugares, exigindo respeito ao clube e principalmente se fazendo ouvir.
Sei que existe muita gente de grande qualidade nos dois lados, que acaba se omitindo e deixando os líderes insanos tomar a frente sempre com as mesmas soluções furadas e fracassadas. Hoje senhores e senhoras identificados neste parágrafo, seu silêncio significa cumplicidade com toda esta bagunça.
Esta é hora de se manifestar, eu, por exemplo, já me manifestei acerca do trabalho da Cruzada Vascaína, mas se você não concordar procure outro grupo discuta idéias, tente mudar o nosso panorama, sem se prender às facções de sempre.
Esta é a hora do Vasco mudar e entrar de vez no século 21, acabando com o atraso dos mandões e “donos” do clube.
Esta mudança passa necessariamente pela visibilidade daqueles que querem um Vasco realmente forte e divorciado das lutas políticas que só nos derrotam a médio e longo prazo.
Está mais do que no momento de haver organização por partes daqueles que acreditam num clube bem administrado, sem precisar de líderes messiânicos, mas simplesmente povoado de pessoas honestas e competentes, que possam salvar a Nau do Almirante de um naufrágio iminente, pois as ondas estão violentas e as pedras estão logo a frente!
Saudações vascaínas.

Sobre jolucave

Sou médico ortopedista , casado, carioca e vascaíno
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s